Matemático brasileiro nascido no Estado da Bahia

Matemático brasileiro nascido no Estado da Bahia

Valdivino Sousa, é um Matemático brasileiro nascido no Estado da (Bahia em 24 de Dezembro de 1973). Fez seus estudos iniciais em sua cidade natal e depois cursou o ensino Médio técnico (antigo 2º grau) no Colégio Washington na Cidade de São Paulo -SP. Desde que iniciou a estudar o que lhe chamava atenção em sua vida, era à área de Exatas, entre idas e vindas, cursou 04 (quatro) faculdades: Ciências Contábeis, Direito, Licenciatura Plena em Pedagogia e Licenciatura Plena em Matemática.
Valdivino Sousa, é um Matemático brasileiro nascido na Cidade de Cordeiros, Estado da Bahia em 24 de Dezembro de 1973. Fez seus estudos iniciais em sua cidade natal e depois cursou o ensino Médio técnico (antigo 2º grau) no Colégio Washington na Cidade de São Paulo -SP. Desde que iniciou a estudar o que lhe chamava atenção em sua vida, era à área de Exatas, entre idas e vindas, cursou 04 (quatro) faculdades: Ciências Contábeis, Direito, Licenciatura Plena em Pedagogia e Licenciatura Plena em Matemática. 

Desde adolescente já identificava com os números tendo um raciocínio lógico surpreendente na resolução de problemas Matemáticos. Com muita satisfação e realização de seu sonho concluiu a graduação em Matemática. Em seguida cursou pós Graduação em Psicopedagogia, e Pós graduação em Educação Matemática Comparada.

O método que criou ajuda no aprendizado de equação de 1º grau, com o uso de objetos ilustrativos, pois mostram para as pessoas que quando falamos 2x ou 3x podem ser duas maçãs, ou duas laranjas e as figuras ilustram o problema matemático de uma forma agradável e desperta o interesse do aluno querer entender e resolver.
 
O Método XYZ é uma nova metodologia que consiste determinar uma forma de educação Matemática diferente da que existe. Nela ele mostra a importância de uma aprendizagem significativa de conceitos matemáticos voltados para a vida real. Seu método de ensino comprova que o aluno tem  a capacidade de compreender e resolver um problema matemático de várias maneiras.

O método tem grande relevância, pois sua pesquisa foi analisar a compreensão das pessoas que sentem dificuldades de entender uma expressão algébrica. Em sua análise ele identificou que nos problemas matemáticos no lugar de letras como X, Y e Z podem ser substituídos por objetos ilustrativos, já que uma equação do tipo 2x + 4 -2 = 8. O aluno tem dificuldade de entender ao deparar com as formalidades algébricas.
 
Valdivino Sousa é Professor, Matemático, Pedagogo, Contador, Bacharel em Direito, Psicanalista e Escritor. Criador do método X Y Z que facilita na aprendizagem de equação e expressão algébrica com objetos ilustrativos. Autor de mais de 15  livros e têm vários artigos publicados em revistas e jornais. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Equações Diferenciais Parciais, Matemática Computacional e Engenharia Didática, atuando principalmente nos seguintes temas: métodos numéricos, equações diferenciais, modelagem, simulações e  didática no ensino de Matemática. Outras atividades: Produtor de Conteúdo, Programador Web e Colunista Mtb 60.448. Semanalmente escreve para o portal D.Dez, Já Publiquei e Folha Online. Sobre: Comportamento, Educação Matemática e Desenvolvimento da Aprendizagem. 
 
 

Site oficial de Valdivino Sousa
Twitter oficial de Valdivino Sousa
• Facebook de Valdivino Sousa
Instagram de Valdivino Sousa

  Currículo Lattes


Estudo revela se a genética influencia a habilidade matemática de alguém

Estudo revela se a genética influencia a habilidade matemática de alguém


Estudo revela se a genética influencia a habilidade matemática de alguém

Algumas pessoas sempre relatam dificuldades com matemática, ou com as exatas, para ser mais amplo. Isso é bastante ruim, pois a separação de áreas como barreiras atrapalha o avanço do conhecimento. Mas talvez a familiaridade com matemática tenha alguma relação com a genética.

Um estudo publicado recentemente no periódico Plos Biology relata as possíveis origens neurobiológicas nas diferenças de habilidades matemáticas. Isso explicaria, de certa forma, as habilidades praticamente intrínsecas de algumas pessoas com o raciocínio lógico e as matérias de exatas como um todo.

Michael Skeide, pesquisador no Departamento de Neuropsicologia do Max Planck Institute for Human Cognitive and Brain Sciences (Instituto Max Planck para a Cognição Humana e Ciências do Cérebro), na Alemanha, lidera a equipe.

No entanto, antes de tudo, devemos ressaltar alguns pontos para evitar uma mal interpretação. O primeiro, é que não ter uma habilidade acima da média com a matemática não é algo necessariamente ruim. Embora a tendência de se valorizar mais as disciplinas exatas como a “ciência que entrega resultados”, todas as áreas do conhecimento exercem importantes papéis. Além disso, ninguém é “incapaz” de aprender matemática.

Outro ponto a se ressaltar, é que esse estudo não trata de nada que faça alguma relação com eugenia, ou qualquer rebaixamento ou julgamento. As predisposições genéticas não necessariamente se manifestam, já que dependem muito das influências ambientais. Isto é, as influências ou incentivos por parte dos pais, ou algo semelhante, são poderosas no direcionamento de área da criança, mais do que a própria genética.

(Pixabay)

Padrões genéticos

Os cientistas encontraram uma relação entre variações em um gene chamado de ROBO1 e diferenças anatômicas de uma área do cérebro bastante relacionada com a representação de quantidades. Isso moldaria algumas predisposições de proximidade ou não com a matemática principalmente durante a infância.

Mas não são relações que atrapalham. O ROBO1 relaciona-se com o volume de massa cinzenta no córtex parietal direito. Segundo os próprios autores, a influência principal está na facilidade com a matemática no início do período escolar da criança. No entanto, a infância exerce grande influência no desenvolvimento adulto, e afastar alguns da matemática, como constatamos diariamente nas escolas.

“Os padrões de volume da substância cinzenta nessas regiões revelaram associações significativas com os resultados dos testes de matemática entre 7 e 9 anos de idade na segunda série”, observam os pesquisadores no estudo.

O gráfico demonstra o peso de cada Gene analisado. (SKEIDE M. el al.)

Familiaridade com matemática

Os pesquisadores analisaram 18 polimorfismos de nucleotídeo único, ou SNPs (um nome bonito para se referir a algumas variações genéticas que afetam apenas algumas bases nitrogenadas, importante bloco de construção do DNA) presentes em 10 genes diferentes.

O papel do ROBO1 está no desenvolvimento pré-natal (ou seja, ainda do feto, antes do nascimento) de algumas camadas de tecido neural. A massa cinzenta no córtex parietal direito, por sua vez, está envolvida com a representação de quantidades e, consequentemente, de números. Ao medir a massa cinzenta nessa região do cérebro de crianças entre 3 e 6 anos de idade sem instrução formal em matemática, os cientistas constataram a relação.

“Nosso estudo indica que até um quinto da variação na habilidade matemática pode ser previsto a partir de diferenças individuais iniciais no volume do córtex parietal direito, que está relacionado ao gene de crescimento cortical ROBO1”, concluem os pesquisadores. “Esses resultados sugerem que a variabilidade genética pode moldar a habilidade matemática ao esculpir o desenvolvimento inicial do sistema de processamento de quantidade básico do cérebro”.

Mas ainda há uma grande incógnita dos outros responsáveis na habilidade matemática. Os pesquisadores atribuem apenas um quinto da variação na familiaridade com matemática ao ROBO1. É claro que um único gene não determina quem a pessoa é, ou quem deixa de ser.

O estudo foi publicado no periódico Plos Biology. Com informações de Inverse e Technology Networks

 

  

SEO Novo Blogger como aparecer nas buscas

SEO Novo Blogger como aparecer nas buscas

SEO Novo Blogger como aparecer nas buscas

 Como fazer meu blog aparecer nas buscas SEO Blogger 

Como fazer meu blog aparecer nas buscas SEO Blogger, pois é quem não quer ter um blog e seus posts na primeira página do google? e demais sites de buscas?. Hoje Vou dar dicas de como configurar o seu blog no blogger.

Configurações de SEO para o Blogger – Rastreadores e indexação - Tags de cabeçalho de robôs personalizadas

O Blogger permite que você defina individualmente como cada página e parte do seu blog será ou não rastreada pelos robôs do Google. Tenha cuidado ao realizar alterações! Se você não tem certeza de como usar este recurso, não o aplique em seu blog e mantenha “Desativado” para usar as configurações padrões do Blogger.

Ativando o recurso para configurar tags de cabeçalhos dos robôs, também será criado um novo menu também no editor de postagens que permitirá configurações individualizadas para cada artigo do seu blog. No menu “Preferências de pesquisa” as configurações são gerais e se aplicam por padrão a todo o Blog. Isso dispensa as configurações individuas para cada página ou post do seu Blog. Nesse menu você pode escolher como certas partes do blog serão ou não rastreadas e/ou indexas pelos robôs dos mecanismos de busca, como o Google.

  • Página inicial = Deixe marcada somente a opção “All”. Refere-se à página principal do seu blog e é bom manter por padrão que ela sempre seja rastreada, indexada e avaliada várias vezes pelos robôs.
  • Páginas de arquivo e pesquisa = Deixe marcada somente a opção “noindex”. As páginas de arquivo são onde ficam armazenados o conteúdo do blog. E as de pesquisa são onde exibi-se os resultados das buscas internas do conteúdo. Essas páginas não precisam ser indexadas, especialmente por correr o risco de gerar conteúdo duplicado.
  • Padrão para postagens e páginas = Deixe marcada somente a opção “All”. Desta forma tudo sempre será rastreado, visitado, indexado e encontrado pelos robôs.
Configurações de SEO para o Blogger – Rastreadores e indexação - Tags de cabeçalho de robôs personalizadas


A dúvida surge mesmo quando olhamos aqueles nomes como “noindex”, “nofollow” ou “unavailable_after”. Sem entender o que significa, não dá pra saber como usar. Basicamente cada um daqueles itens têm uma função diferente:

  • All = permitir que tudo seja rastreado, encontrado e indexado
  • NoIndex = sugere que o conteúdo em questão não precisa ter indexação, dizendo ao robô que aquele conteúdo não precisa entrar nos resultados das buscas
  • NoFollow = sugere que aquela página/conteúdo ou links NÃO seja seguido
  • nono = É equivalente a inserir ao mesmo tempo o “noindex” e o “nofollow”
  • Noarchive = solicita que não seja exibido o link de “Cache” nos resultados das buscas
  • Nosnippet = Não exibe o “snippet”, o texto de resumo e link da página nos resultados da busca
  • Noodp = Não usar metadatas para exibir títulos e descrições nos resultados
  • Notranslate = Não oferece o link de tradução do conteúdo nos resultados da busca
  • Noimageindex = Não indexar as imagens contidas naquela página
  • Unavailable_after = Determina um limite de data, onde após determinado período aquele conteúdo não deverá mais ser exibido nos resultado.

 

Matemático gato esbanja beleza e inteligência na internet

Matemático gato esbanja beleza e inteligência na internet

Matemático gato esbanja beleza e inteligência na internet, o nome dele é Valdivino Alves de Sousa, natural de Cordeiros, Estado da Bahia, Valdivino Sousa tem um currículo invejável e destaca com um pesquisador na  Ciência Matemática.

Matemático gato esbanja beleza e inteligência na internet, o nome dele é Valdivino Alves de Sousa, natural de Cordeiros, Estado da Bahia, Valdivino Sousa tem um currículo invejável e destaca com um pesquisador na  Ciência Matemática. 

É Criador do método X Y Z que facilita na aprendizagem de equação e expressão algébrica com objetos ilustrativos. Autor de mais de 15  livros e têm vários artigos publicados em revistas e jornais. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Equações Diferenciais Parciais, Matemática Computacional e Engenharia Didática, atuando principalmente nos seguintes temas: métodos numéricos, equações diferenciais, modelagem, simulações e  didática no ensino de Matemática. Além da Matemática atua há mais de 20 anos em Contabilidade e desde 2005 é Contador responsável da Alves Contabilidade. 

Veja biografia Completa 

 REDES SOCIAIS

 

Cursos gratuitos de Matemática que reforçam pontos importantes em nossa vida

Cursos gratuitos de Matemática que reforçam pontos importantes em nossa vida

 Valdivino Sousa, Matemático Sousa,Cursos gratuitos de Matemática que reforçam pontos importantes em nossa vida, muitos não sabem, mas existem programas de aprendizagem para quem está com dificuldades ou quer avançar nos estudos das ciências exata.

Já estamos nos últimos meses de 2020, um ano em que a educação ficou marcada pelas aulas remotas devido ao novo coronavírus, e os exames estão chegando. Uma das maneiras de tirar dúvidas e praticar é realizar cursos on-line, principalmente de matemática, que é fundamental para obter um boa pontuação no Enem e em vestibulares.

Veja, abaixo, uma seleção e aproveite.

GYNcursos tem quatro programas de aprendizagem gratuitos de matemática. O curso básico é voltado aos estudantes que se preparam para concursos e vestibulares, com conceitos e cálculos que também são fundamentais a áreas de administração, contabilidade ou vendas.

Plataforma com mais de 600 videoaulas gratuita, o Calcule Mais é dedicado a quem tem dificuldades em matemáticos seja na escola, em provas de concurso ou mesmo em contas cotidianas. Com uma série de exercícios resolvidos, as aulas são separadas e por temas, como porcentagem e raciocínio lógico a juros.

Oferecido pela Universidade de Stanford, uma das instituições mais prestigiadas dos EUA, Introdução ao Pensamento Matemático  e Introdução à Lógica levam o estudante a entender os fundamentos e como a disciplina é aplicada, seja em computação ou engenharia.

Universidade de Stanford, nos EUA, é polo de criação e empreededorismo

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE),  uma associação sem fins lucrativos, oferece cursos gratuitos de comunicação e matemática voltados ao mundo do trabalho, da universidade e do dia a dia. São dois módulos sobre a disciplina: Matemática I e Matemática II.

Com videoaulas gratuitas voltadas a alunos e professores, o Portal da Matemática, da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP),  apresenta conteúdo para estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio.  No site, também há apostilas e exercícios resolvidos.

Plataforma que conecta estudantes e professores, o Learncafe traz diversos cursos gratuitos de matemática, como Equação 2º Grau, Progressão Aritmética e Geométrica, Trigonometria, entre outros. Todos são gratuitos, mas é necessário pagar uma taxa para receber o certificado.


 Fonte: Catraca Livre


Melhor resultado em 39 anos da Olimpíada Internacional de Matemática

Melhor resultado em 39 anos da Olimpíada Internacional de Matemática

 

Segundo o Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa, o resultado conquistado deixa o Brasil a frente de Três país de renome do conhecimento matemático como Japão, França e Alemanha.

Segundo o Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa, o resultado conquistado deixa o Brasil a frente de Três país de renome do conhecimento matemático como Japão, França e Alemanha.

Por outro lado em função do Brasil não está valorizando a pesquisa científica mesmo com com o resultado do Brasil ficar à frente de Japão, França, Canadá e Alemanha. O Coordenador do time brasileiro lamenta a possível "fuga de cérebros" dos 6 jovens.

O Brasil ficou em 10º lugar na Olimpíada Internacional de Matemática, a maior competição entre estudantes de 14 a 19 anos do ensino médio. Este é o melhor resultado já conquistado desde que o Brasil participa do torneio, há 39 anos. A competição foi criada em 1959. Nesta edição, 105 países disputaram as provas.

Ao todo, a equipe brasileira somou 165 pontos, com uma medalha de ouro e cinco de prata. Com o resultado, ficou à frente de países como Japão, França, Canadá e Alemanha.

Top 10 na Olimpíada Internacional de Matemática 2020

1 China

2 Rússia

3 Estados Unidos

4 Coreia do Sul

5 Tailândia

6 Itália

6 Polônia

8 Austrália

9 Reino Unido

10 Brasil

Fonte: Olimpíada Internacional de Matemática

Os estudantes que conquistaram as medalhas são:

Pedro Gomes Cabral, de Fortaleza (CE) - Ouro

Bernardo Peruzzo Trevizan, de São Paulo (SP) - Prata

Francisco Moreira Machado Neto, de Fortaleza (CE) - Prata

Gabriel Ribeiro Paiva, de Fortaleza (CE) - Prata

Guilherme Zeus Dantas e Moura, de Maricá (RJ) - Prata

Pablo Andrade Carvalho Barros, de Teresina (PI) - Prata

Para chegar à etapa internacional, antes eles conquistaram medalhas na Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM). Depois, passaram por três testes seletivos e treinamento. Eles foram liderados por Carlos Gustavo Moreira, pesquisador do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e coordenador-geral da OBM, e Matheus Secco, da Academia de Ciências Tcheca. 

Segundo o Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa,
"Eles são resultado de um processo de seleção muito disputado e rigoroso, aberto para todas as escolas do país", afirma Carlos Moreira. "Com essas medalhas, provavelmente conseguirão bolsas de estudos nas melhores universidades e terão ótimas perspectivas de carreira em várias áreas."

Fuga de cérebros

Ele lamenta a possível "fuga de cérebros" destes jovens, já que há pouca perspectiva de trabalho para eles no Brasil após a graduação. Moreira cita que há pesquisa científica de alta qualidade no Brasil, inclusive em Matemática, com ótimos cursos de graduação e pós-graduação em áreas diversas. Mas, as perspectivas para os jovens são "incertas e obscuras".

"O Brasil está no grupo dos países mais desenvolvidos em pesquisa em Matemática - o grupo 5 do IMU, segundo a União Internacional de Matemática. Portanto, os alunos premiados poderiam seguir uma carreira brilhante no Brasil. Mas o governo está cortando bolsas de pós-graduação e posições nas universidades, o que torna incertas e obscuras as perspectivas de futuro desses jovens e do país", avalia.

Resultados tão positivos em matemática não são realidade de toda a população. Dados da mais recente edição do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês) colocam o Brasil entre os últimos 10 colocados na prova de matemática.

A competição estava prevista para ocorrer em São Petersburgo, na Rússia, mas por causa da pandemia, os estudantes fizeram as provas sem sair do país. No Brasil, os testes foram aplicados em 21 e 22 de setembro na Universidade Federal do Ceará (UFC) e no Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), no Rio de Janeiro.


Fonte: G1

  Tags:

 

 

Matemático fala sobre evento online que reúne palestrantes de renome internacional

Matemático fala sobre evento online que reúne palestrantes de renome internacional

 

Matemático fala sobre evento online que reúne palestrantes de renome internacional

O Matemático e Pedagogo Valdivino Sousa, fala sobre os eventos online sobre análise matemática que reúne palestrantes de renome internacional.

Uma série de eventos online sobre análise matemática reúne palestrantes de renome internacional, o evento iniciou em 24 de Setembro, em moldes de webinários Approximation Theory, Harmonic Analysis and related topics. As atividades serão quinzenais, realizadas via Google Meet e se estendem até o dia 10 de dezembro. A programação completa pode ser conferida no site do evento.

 A programação completa pode ser conferida no site do evento.

 A partir desta quinta-feira, dia 24, terá início a série de webinários Approximation Theory, Harmonic Analysis and related topics. As atividades serão quinzenais, realizadas via Google Meet e se estendem até o dia 10 de dezembro. A programação completa pode ser conferida no site do evento.

 Os encontros são organizados em conjunto pela USP, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). A professora Thaís Jordão e o pesquisador Guilherme Silva, ambos do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, fazem parte da comissão organizadora.

 

Os webinários serão ministrados integralmente em inglês, por convidados de universidades do Canadá, Estados Unidos, África do Sul e Espanha. Para participar, as pessoas interessadas podem se registrar a qualquer momento por meio do formulário disponível no site do evento.

 

Mais informações
Site do evento: icmc.usp.br/e/32a23