Com energia cortada, jovem vence olimpíada de matemática estudando com luz de poste


Com energia cortada, jovem vence olimpíada de matemática estudando com luz de poste. Morador do conjunto Santos Dumont, na parte alta de Maceió, o adolescente Wellington Silva, de 16 anos, dá demonstrações diárias de que nada poderá tirar sua dedicação aos estudos.  Diariamente, o estudante caminha até a Escola Estadual Onélia Campelo, onde se dedica aos livros e, em casa, dá uma atenção extra às ciências exatas.

Nos últimos meses a energia elétrica da casa onde vive com sua mãe, a catadora de recicláveis Terezinha Medeiros, foi cortada por falta de pagamento. Mas isso não impediu o adolescente de estudar. Durante a noite, um dos postes da rua ilumina parte do quarto e o auxilia a enxergar os livros que ficam sobre a cama.

Estudante do 2º ano do Ensino Médio, ele acredita que nada pode impedí-lo de mudar a situação em que vive com sua mãe. “A educação pode levar alguém para um futuro melhor”, disse durante entrevista à TV Pajuçara / Record TV.

Os frutos da dedicação do adolescente já começam a dar resultado. Wellington venceu a etapa estadual da Olimpíada de Matemática e recebeu a medalha de prata na competição brasileira. “Ele é meu tudo, meu guerreiro”, declarou dona Terezinha.


 
'post' name='threaded_comments'/>