Professor e Matemático ensina como resolver equação de 1º grau com duas incógnitas Professor e Matemático ensina como resolver equação de 1º grau com duas incógnitas - Matemático Sousa

Matemático Sousa

O Blog do Prof. Valdivino Sousa pretende de uma forma simples apresentar como a Matemática está presente em tudo, e como ela está inserida em nosso cotidiano.

CONSULTORIA EM CÁLCULOS

LightBlog

Posts Recentes

05/11/2018

Professor e Matemático ensina como resolver equação de 1º grau com duas incógnitas




Muitas dúvidas surgem nas pessoas, quando elas deparam com uma equação de primeiro grau com duas incógnitas. Nesta aula o Professor e Matemático Valdivino Sousa, explica de forma didática como resolver. Basta seguir as regras e tudo se torna mais fácil e agradável na resolução de equações.

As equações do 1º grau que apresentam somente uma incógnita respeitam a seguinte forma geral: ax + b = 0, com a ≠ 0 e variável x. As equações do 1º grau com duas incógnitas apresentam forma geral diferente, pois estão na dependência de duas variáveis, x e y. Observe a forma geral desse tipo de equação: ax + by = 0, com a ≠ 0, b ≠ 0 e variáveis formando o par ordenado (x, y).

Nas equações onde ocorre a existência do par ordenado (x, y), para cada valor de x temos um valor para y. Isso ocorre em diferentes equações, pois de equação para equação os coeficientes numéricos a e b assumem valores distintos.

Essa relação de dependência pode ser denominada de par ordenado (x, y) da equação, os valores de x dependem dos valores de y e vice versa. Atribuindo valores a qualquer uma das incógnitas descobrimos os valores correlacionados a elas. Por exemplo, na equação 3x + 7y = 5, vamos substituir o valor de y por 2:
3x + 7y = 5
3x + 7*2 = 5
3x = 5 – 14
3x = -9/3
X = - 3     
Temos que para y = 2, x = – 3, estabelecendo o par ordenado (–3, 2).

Outro exemplo:

Dada a equação 4x – 3y = 11, encontre o valor de y, quando x assumir valor igual a 2.

  
Já sabemos que X assume o valor 2,


4x – 3y = 11
4*2 – 3y =11
8 – 3y = 11
-3y = 11 – 8
- 3y =  - 3 /3
  Y – 1

Estabelecendo x = 2, temos y = – 1, constituindo o par ordenado (2, –1).

A determinação do par ordenado é de grande importância para a construção da reta representativa da equação do 1º grau no plano cartesiano. Esses conceitos são muito utilizados na elaboração de gráficos de funções, como na Geometria Analítica que relaciona os estudos algébricos com a Geometria, sendo de extrema importância para o cotidiano matemático.





Nenhum comentário:

Postar um comentário