Como incentivar as crianças tomarem gosto pela matemática? Como incentivar as crianças tomarem gosto pela matemática? - Matemático Sousa

Matemático Sousa

O Blog do Prof. Valdivino Sousa pretende de uma forma simples apresentar como a Matemática está presente em tudo, e como ela está inserida em nosso cotidiano.

CONSULTORIA EM CÁLCULOS

LightBlog

Posts Recentes

08/06/2018

Como incentivar as crianças tomarem gosto pela matemática?


Como incentivar as crianças tomarem gosto pela matemática? Uma pergunta que é feita para especialistas na área de educação, é como fazer as crianças tomarem gosto pela matemática? Depois de tantos incentivos e divulgação da disciplina não só as crianças, mais também os adultos começaram a gostar, ou ver a Matemática de uma forma diferente. Para falar sobre o assunto conversamos com o Pedagogo, Psicopedagogo, Matemático e Escritor Valdivino Sousa, que é criador do método XYZ que facilita na aprendizagem equação e expressão algébrica com o uso de objetos ilustrativos, e editor do blog “tudo é Matemática”

 Ele explica queOs estudantes sempre se questionam sobre a aplicação da Matemática na vida diária, e se não tivesse uma mudança rápida no ensino da disciplina, as pessoas iriam continuarem com a visão de que a matemática só serve para nos decorar as fórmulas e passar de ano na escola. Graças os avanços e incentivos do Governo e as entidades como o IMPA e a OBMEP a cada ano recebem para divulgar a Matemática e incentivar milhares de alunos a participarem da Olimpíada Brasileira de Matemática”. 

Por que existem crianças que tomem gosto pela matemática?

O especialista aponta com base em pesquisas que as crianças que tomam gosto pela Matemática desde cedo é porque os pais incentiva, quando a criança tem uma visão positiva da disciplina ela cresce gostando, isso é o ponto chave para o desenvolvimento do raciocínio lógico, quando essa criança depara a Matemática na escola ela sabe que é uma abordagem no ensino que não trata de conteúdos obscuro, mas sim conteúdos voltados à realidade do dia a dia. É o caso da Modelagem Matemática que algumas escolas adotam com intuito de trabalhar a disciplina relacionada com a prática diária. 

“Quando a criança resolve um cálculo, este mesmo cálculo está relacionado com a compra de um supermercado, se a escola trabalhar a Modelagem Matemática voltada ao dia a dia, com certeza a criança começa ver a Matemática diferente, ou, seja começa a enxergar como algo prazeroso”. Explica o Pedagogo e Matemático Valdivino Sousa.

Jogos de tabuleiro
Segundo o especialista, Jogos tradicionais como Damas, Jogo da Velha e Xadrez, contribuem de forma significativa para o desenvolvimento de qualificações como estratégia e lógica. Atuam de forma efetiva no pensamento analítico, noção de tempo, concentração e paciência.

Também é preciso enfatizar a importância dos jogos de tabuleiro que permitem desbravar labirintos, descobrir tesouros escondidos, que ensinam às crianças conceitos como tamanho, geometria, sequência, noção de espaço e contagem.
Os conceitos são construídos de forma leve e divertida, o aprendizado é automático e se torna mais interessante.

Praticando esportes
Valdivino Sousa ainda ressalta que Na prática de esportes existem muitas situações que envolvem as operações matemáticas. Tanto os individuais quanto os coletivos apresentam técnicas das áreas exatas, como a distribuição de pontos, cálculos geométricos, probabilidade e estatística.

Como um exemplo, pode-se citar o jogo de basquete, no qual o ato de arremessar a bola na cesta exige que a criança faça um cálculo mental da distância necessária, velocidade e força.
A natação também é uma modalidade esportiva que traz muitos aprendizados matemáticos. Para que o aluno faça 100 metros de nado na piscina, ele precisa ter conhecimento aritmético. Quantos 25 metros de exercício são necessários para cumprir o percurso? Também precisa fazer a conta de quantas vezes vai respirar a cada trecho.

 Fonte: Folha Online 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário