Para os Matemáticos a eliminação do Brasil nas quartas de final não foi nenhuma surpresa, já que os cálculos de probabilidade mostravam que  a seleção brasileira só tinha 25% de chance de ir para a semifinal.
Um estudo Matemático mostrou que Brasil tinha 83% de chance de vencer o México, no duelo entre Brasil e México, no dia 02 de Julho de 2018, pelas oitavas de final da Copa a seleção de Tite estava em vantagem. Segundo um estudo Matemático desenvolvido pela Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a seleção brasileira tinha 83,3% de chance de vencer a partida e chegar às quartas de final. De acordo com o estudo, a vitória da seleção brasileira sobre o México deveria ser de um ou dois a zero.

  
alt text

Estudo Matemático mostrou que Brasil tinha 83% de chance de vencer o México, e é favorito ao hexa da copa.  No duelo entre Brasil e México, nessa segunda-feira 02 de Julho de 2018, pelas oitavas de final da Copa a seleção de Tite estava em vantagem. Segundo um estudo Matemático desenvolvido pela Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a seleção brasileira tinha 83,3% de chance de vencer a partida e chegar às quartas de final. De acordo com o estudo, a vitória da seleção brasileira sobre o México deveria ser de um ou dois a zero.