• Bem-Vindo ao Matemático Sousa, do Prof. Valdivino Sousa

    Prof. Ms. Valdivino Alves de Sousa é Professor, Matemático, Pedagogo, Contador, Psicanalista, Bacharel em Direito, Mestrado em Ciências da Educação Matemática e Escritor SAIBA MAIS

  • Método criado pelo Professor e Matemático Valdivino Sousa, o objetivo do método é proporcionar uma visão de aprendizagem de equação de 1º grau e expressões algébricas por meio da Engenharia Didática em Educação Matemática, com o uso de objetos ilustrativos SAIBA MAIS

  • Revista Educação Matemática: Entrevista com o Professor Valdivino Sousa ele fala do método XYZ que criou para ensinar Matemática. O método XYZ tem objetivo de proporcionar uma visão de aprendizagem de equação de 1º grau e expressões algébricas por meio da metodologia da engenharia didática, que consiste determinar uma forma de educação Matemática diferente da que existe. SAIBA MAIS

Mostrando postagens com marcador Deus é Matemático. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Deus é Matemático. Mostrar todas as postagens

Deus e a Matemática grandes mentes




Introdução
O artigo busca discorrer sobre Deus e a Matemática, como o universo está cercado pelos números? Em outra linguagem de entendimento as grandes mentes nos mostram que tudo é matemática. Os pitagóricos literalmente incorporaram o universo na matemática, ou seja, a geometria foca o conhecimento ao eterno. O mundo da matemática e sua relação com a percepção do universo de uma maneira profunda, o ponto mais interessante é a visão de Descartes que Deus criou todas as verdades eternas. A Matemática é o alfabeto que Deus usou para escrever o Universo, Galileu pensava que ele já sabia a resposta! Para ele, a matemática era simplesmente a linguagem do universo.


Palavras chaves: Deus, Matemática, Grandes Mentes, Os números e o Universo, Mundo da Matemática, Verdades eternas,

Pitágoras
O Número era a substância de todas as coisas. O Número domina o universo. Geometria é o conhecimento da existência eterna.  Sobre a questão de saber se a matemática foi descoberta ou inventada, Pitágoras e os pitagóricos não tinham dúvida que a matemática era real, imutável, onipresente, e também a coisa mais elevada do que qualquer coisa que a mente humana pode conceber. Os pitagóricos literalmente incorporaram o universo na matemática. De fato, para os pitagóricos, Deus não era um matemático, a matemática era Deus!

Platão
Platão escreveu: "Conhecimento que a geometria foca e o conhecimento do eterno." "Geometria vai direcionar a alma para a verdade e criar o espírito da filosofia." "Igualdade geométrica é de grande importância entre deuses e homens."
Para Platão, as únicas coisas que realmente existem são as formas abstratas e ideias matemáticas, uma vez que só com a matemática, ele manteve, podemos obter um conhecimento absolutamente certo e objetivo. Por conseguinte, na perspectiva de Platão, a matemática torna-se intimamente associado com o divino. No diálogo Timeu, o deus criador usa matemática para criar o mundo. Na República, o conhecimento da matemática é considerado como um passo crucial no caminho de conhecer as formas divinas. Pelo contrário, para Platão o caráter matemático do mundo é simplesmente uma consequência do fato de que "Deus sempre geometriza".

Platão escreveu em Timeu: "O quinto (dodecaedro), Deus usou para tudo, tecendo seus projetos." Assim, o dodecaedro representava o universo como um todo. Note, no entanto, que o dodecaedro, com suas doze superfícies pentagonais, tem a proporção áurea escrita toda sobre ele. Tanto o seu volume e sua área de superfície podem ser expressas como funções simples da proporção áurea (o mesmo é verdadeiro para o icosaedro).

Archimedes
Archimedes mudou o mundo da matemática e sua relação com a percepção do universo de uma maneira profunda. Exibindo uma combinação surpreendente de interesse teórico e prático, ele forneceu a primeira evidencia empírica, em vez de mítica, de um aparente projeto matemático da natureza. A percepção da que a matemática é a linguagem do universo e, portanto, o conceito de Deus como um matemático, nasceu em trabalhos de Arquimedes.

Galileu
Galileu: "A Matemática é o alfabeto que Deus usou para escrever o Universo.”.
Séculos antes da pergunta de "por que a matemática era tão eficaz para explicar a natureza"  Galileu pensava que ele já sabia a resposta! Para ele, a matemática era simplesmente a linguagem do universo. Para compreender o universo, segundo ele, é preciso falar esta língua. Deus era com certeza um matemático.

Primeiro, devemos perceber que para Galileu, a matemática, em última instância significava geometria. Galileu não estava satisfeito com a matemática como mero intermediário ou canal. Ele tomou um passo a diante no sentido de igualar a matemática com a língua nativa de Deus. De acordo com o Galileu, Deus falou na linguagem da matemática na concepção de natureza. Além disso, o Galileu argumentou que, ao entender a ciência usando a linguagem do equilíbrio mecânico e matemática, os seres humanos poderiam compreender a mente divina. Dito de outro modo, quando uma pessoa encontra uma solução para um problema utilizando a geometria proporcional, a percepção e a compreensão adquirida são divinas.

Descartes
As ideias de Descartes, (como as funções) abriram a porta para um equacionamento sistemático de quase tudo, a essência da noção de que Deus é um matemático.
O ponto mais interessante é a visão de Descartes que Deus criou todas as "verdades eternas". Em particular, ele declarou que "as verdades matemáticas que vocês chamam de eterna foram estabelecidas por Deus e dependem inteiramente dele e não ao resto das suas criaturas."
Então, o Deus cartesiano era mais do que um matemático, no sentido de ser o criador de matemática e um mundo físico que é totalmente baseado em matemática. De acordo com essa visão de mundo, que foi se tornando predominante no final do século XVII, os seres humanos claramente apenas descobriram a matemática e não inventaram.

Isaac Newton
Isaac Newton : "Deus criou tudo por número, peso e medida." Para Newton, a própria existência do mundo e da regularidade matemática do cosmos são indícios da presença de Deus. Newton considerou o fato de que todo o cosmos é regido pelas mesmas leis e parecer ser estável como uma evidência adicional para a mão orientadora de Deus.
Para Newton, Deus foi um matemático (entre outras coisas), não apenas como uma figura de linguagem, mas quase literalmente, o Deus Criador trouxe à existência um mundo físico, que é governado por leis matemáticas.

Leopold Kronecker
Famoso declarou: "Deus criou os números naturais, tudo o resto é obra do homem."
Outras mentes 

Albert Einstein (1879-1955)
Deus não se importa com nossas dificuldades matemáticas. Ele as integra empiricamente. 

Carl Friedrich Gauss (1777-1855)
Deus faz aritmética. 

Carl Gustav Jacobi (1804-1851)
O Deus que reina no Olimpo é o número Eterno. 

Leopold Kronecker (1823-1891)
Deus fez os números inteiros, tudo o resto é obra do homem. 

Euclid (300 B.C)
As leis da natureza não são nada mais que os pensamentos matemáticos de Deus.

Johannes Kepler (1571 - 1630)
 O principal objetivo de todas as investigações do mundo exterior deve ser descobrir a ordem racional e harmonia que tem sido imposta por Deus e que ele nos revelou na linguagem da matemática. " 

John D. Barrow (1952)
Todos os nossas declarações sobre a natureza do mundo são as afirmações matemáticas, ainda não sabemos o que a matemática é e por isso achamos que nos adaptamos a uma religião muito semelhante a muitas crenças tradicionais. Mude "Matemática" para "Deus" e quase nada parece mudar. O problema do contato humano com um reino espiritual, da eternidade, da nossa incapacidade de capturar tudo com a linguagem e símbolo - todos têm os seus homólogos na busca da natureza da matemática platônica. 

James Jeans (1877 - 1946)
A partir das evidências intrínsecas de sua criação, O grande arquiteto do Universo começa a parecer-nos um puro matemático. 

Henri Poincaré (1854 – 1912)
Se Deus fala ao homem, sem dúvida, ele usa a linguagem da matemática. 

Paul Dirac (1902 - 1984)
Se existe um Deus, ele é um grande matemático. 

Pierre-Simon Laplace (1749-1827)
Todos os efeitos da natureza são apenas resultados matemáticos de um pequeno número de leis imutáveis. 

Srinivasa Ramanujan (1887 – 1920)
Apenas pela Matemática sozinha, alguém pode ter a concreta realização de Deus. 

Jacob Jacobi
O matemático alemão Jacob Jacobi (1804-51), presumivelmente expressou as mudanças das marés, quando ele substituiu a expressão de Platão, "Deus geometriza eternamente" por seu próprio lema: "Deus aritmetiza eternamente." Em certo sentido, porém, esses esforços apenas transportou o problema a um outro ramo da matemática. Embora o grande matemático alemão David Hilbert (1862-1943) conseguiu demonstrar que a geometria euclidiana era coerente enquanto aritmética for consistente.
Sobre a relação entre a matemática e o mundo físico, um sentimento novo estava no ar. Por muitos séculos, a interpretação da matemática como uma leitura do cosmos foi sendo dramaticamente e continuamente melhorado.

A matematização das ciências por Galileu, Descartes, Newton, Bernoulli, Pascal, Lagrange, Quetelet, entre outros foi considerado como forte evidência de um projeto matemático subjacente na natureza. Alguém poderia argumentar que claramente se a matemática não era a linguagem do cosmos, porque é que ele funciona tão bem em explicar coisas que vão desde as leis básicas da natureza ate características humanas? 

Para ter certeza, os matemáticos perceberam que a matemática só lidava com formas abstratas platônicas, mas essas formas foram consideradas como idealizações de elementos físicos reais. Na verdade, a sensação de que o livro da natureza foi escrito na linguagem da matemática era tão profundamente enraizada que muitos matemáticos recusavam até mesmo a considerar conceitos matemáticos e de estruturas que não estavam diretamente relacionadas com o mundo físico. 


Bibliografia: 

Deus e a Matemática

O que Deus tem a ver com a Matemática?



Compartilhe:

Sobre o Autor

Valdivino Sousa é Contador, Matemático, Pedagogo, Psicanalista, Bacharel em Direito, Escritor e Mestrado em Ciências da Educação Matemática. Criador do método X Y Z que facilita na aprendizagem de equação e expressão algébrica com objetos ilustrativos. Docente nos cursos de Matemática, Ciências Contábeis, Administração e Engenharia. Autor de mais de 10 (dez) livros e têm vários artigos publicados em revistas e jornais especializados. Blogueiro Mtb 60.448, Consultor e Estrategista de Mídias Digitais. Semanalmente escreve para o portal D.Dez, Jornal da Cidade e Folha Online. Sobre: Comportamento, Educação Matemática e Desenvolvimento da Aprendizagem. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Equações Diferenciais Parciais, Matemática Computacional e Engenharia Didática, atuando principalmente nos seguintes temas: métodos numéricos, equações diferenciais, modelagem, simulações e didática no ensino de matemática. E-Mail: valdivinosousa.mat@gmail.com ..SAIBA MAIS

Sobre o Blog

O Blog pretende de uma forma simples apresentar como a Matemática está presente em tudo, e como ela está inserida em nosso cotidiano. O objetivo é mostrar para as pessoas, a importância da Matemática em nossa vida, o quanto esta ciência faz parte do dia a dia de todos nós, independente da situação ou momento ela está sempre presente em tudo. SAIBA MAIS

Posts Recentes

Curta nossa Fanpage

Informe seu e-mail e receba novas publicações


Matemática, Estatística e Contabilidade

Clique na imagem e acesse

Segue me no Twiter

Postagens mais Lidas

Chat ao Vivo

Segue me no Instagran

Previsão do Tempo

Arquivo do blog